segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

Ela

Mentiu piamente dizendo que era amor. Saberia ela dizer o que de fato se passava naquele coraçãozinho minúsculo do tamanho de uma maça. Mas, ainda assim ela falou aos sete e tantos ventos que ali passara, bem é amor, sei quando bate num peito um grito preso na gaiola feito bicho pronto pra escapar. O tun tun tun que se ouvia faria sentido ao doctor, vizinhos e amigos, dela todos já duvidavam os estribos. Cara de lesa, sorriso desavisado, cantarolas e um tal de por onde fulano passou. Se ele passa, ela também queria passar, ou chegar lá quando ele parar. Foi-se o tempo andar e a saudade aumentar, logo não duvidaria do que todos já sabiam: Ela está a gostar.  
             
                                                                                                                                   Felícia Ferreira

Nenhum comentário:

Postar um comentário